Please note: This website requires Flash and JavaScript to enjoy the full function range. Please ensure that Flash and JavaScript are activated in your browser options. To download the current flash plugin version please click here.

Veículos em Fim de Vida.

Novos veículos e reciclagem


Para que possam ser comercializados na União Europeia, os veículos novos têm que respeitar um vasto e rigoroso conjunto de normas que visam assegurar a minimização do Impacte Ambiental associado a todo o seu ciclo de vida. Em particular, no que respeita à fase de fim de vida dos veículos, estas normas visam evitar a utilização de substâncias perigosas e reduzir a quantidade de resíduos enviados para eliminação.
Assim, logo nas fases de conceção e produção dos novos veículos, é evitada a utilização de substâncias perigosas (p.e. mercúrio), são escolhidos materiais reciclados e/ou facilmente recicláveis, são rotulados alguns componentes para facilitar a sua separação/recuperação, é evitada a proliferação de materiais diferentes na mesma peça, entre outros procedimentos.
Só desta forma os veículos novos poderão ser aprovados no âmbito do sistema comunitário de homologação, onde é necessário comprovar que são efetivamente valorizáveis a um nível mínimo de 85% do seu peso.

 

Onde entregar o seu Veículo em Fim de Vida (VFV)


Em Portugal, os Fabricantes/Importadores de veículos financiam a atividade da VALORCAR, uma empresa sem fins lucrativos que tem como missão organizar e gerir a receção e a reciclagem dos Veículos em Fim de Vida produzidos no país (de acordo com o Decreto-Lei n.º 196/2003).
Assim, os proprietários/detentores de um VFV devem assegurar a sua entrega, bem como os respetivos documentos, num centro de receção/desmantelamento pertencente à REDE VALORCAR (www.valorcar.pt). Esta entrega é gratuita e o proprietário recebe em troca um certificado de destruição, que comprova que o Veículo em Fim de Vida foi encaminhado para o local adequado e não foi abandonado. O centro remete posteriormente às autoridades competentes os documentos e dados do VFV, para que sejam cancelados os respetivos registo e matrícula.
Uma vez cumprida a componente administrativa, todos os Veículos em Fim de Vida recebidos na REDE VALORCAR são submetidos a operações de despoluição, desmantelamento e fragmentação, a fim de garantir que a maioria dos seus componentes e materiais são encaminhados para reutilização ou reciclagem (óleos, vidros, pneus, bateria, metais, etc.). Desde o ano de 2006, todos os VFV são valorizados em mais de 85% do seu peso.

Para mais informações, consulte o site Valorcar.