2.17.94.1, 2019-07-05 00:05:51
Mapa com uma longa rota e postos de carregamento ao longo do caminho

Até onde posso conduzir?

A eletricidade leva-te mais longe.

Ao pensar na mobilidade elétrica, coloca-se imediatamente a questão da autonomia. Até onde consigo chegar com um único carregamento? Como posso repartir as viagens mais longas? Onde posso carregar o meu automóvel e quanto tempo demora esse processo? Quando trocas para um automóvel elétrico, podes simplesmente carregá-lo, enquanto fazes uma pequena pausa, num posto de carregamento. 

E temos outra boa notícia para ti. Em 2019, vão ser apresentados os nossos novos automóveis elétricos baseados na plataforma modular elétrica (MEB). A família ID., dependendo do tamanho da bateria e do tipo de carroçaria, vai poder atingir uma autonomia de aproximadamente 330 km a 5501 km segundo a nova norma WLTP.

WLTP significa Procedimento de Teste Global Harmonizado para Veículos Ligeiros. É um novo procedimento de ensaio, mundial, padronizado, baseado maioritariamente nas experiências diárias reais de condução.

1. Autonomia prevista para os ciclos de condução de acordo com o Procedimento de Teste Global Harmonizado para Veículos Ligeiros (WLTP) no dinamómetro (não efetuado em testes reais). Os dados referentes à autonomia WLTP para automóveis de série podem variar em função do seu equipamento. A autonomia real varia em função do: estilo da condução, velocidade, utilização de periféricos de conforto, temperatura exterior, número de passageiros/carga e topografia. Todavia, em função do perfil de utilização, 80% dos condutores terão uma autonomia de 230 a 330 km na versão mais pequena da bateria (45 kWh, netto), entre 300 e 420 km na versão média da bateria (58 kWh, netto) e entre 390 e 550 km com a versão maior da bateria (77kWh, netto).
Mapa das estradas que mostra a rota de casa para o supermercado e para a escola

Para quem conduz diariamente.

Apressa-te a levar os miúdos à escola e segue para o escritório.

Fazes várias viagens curtas todos os dias? Levas as crianças à escola pela manhã, depois segues para o escritório e à tarde fazes as tuas compras. Se conduzes o teu automóvel elétrico cerca de 50 km por dia, como um utilizador médio, só necessitas de carregar o teu automóvel elétrico uma ou duas vezes por semana, dependendo do tamanho da sua bateria. Se tiveres possibilidade, a melhor solução é fazê-lo sempre em casa durante a noite, utilizando a tua wallbox, opcional. Desta forma podes entrar de manhã no teu automóvel elétrico já totalmente carregado e começar o dia cheio de energia.

A infraestrutura dos postos de carregamento em espaços públicos, como por exemplo, parques de estacionamento de supermercados, está a aumentar cada vez mais. Se a tua empresa permite aos seus funcionários carregarem os seus automóveis no local de trabalho, esta é a melhor opção. Com este método aproveitas eficazmente os longos períodos que passas no trabalho, com o automóvel estacionado e só necessitas de o carregar uma a duas vezes por semana para satisfazeres às tuas necessidades diárias.

 

Um mapa que mostra a rota de casa para o escritório e para o destino de férias fora da cidade.

Passeios de fim de semana e férias curtas.

Faz uma visita à tua família ou tira umas curtas férias.

De certeza que fazes algumas viagens mais longas ao longo do ano com o teu automóvel elétrico. Quer seja para visitar a tua família e amigos, conhecer outra cidade ou dar um passeio pela costa ou pelas montanhas, durante as férias da Páscoa. Com o ID., podes atingir uma autonomia real de aproximadamente 400 km2 em autoestrada, com base numa bateria de maior dimensão. 

Vais poder chegar a muitos destinos com viagens de duração média, como por exemplo, durante as férias da páscoa, sem fazer qualquer carregamento adicional ou com apenas um curto carregamento durante o intervalo para café. No que toca aos teus hábitos de viagem, não terás de mudar, pois hoje já deves fazer uma ou outra paragem, em percursos com esta duração.

2. A autonomia real atingida depende, na prática, do estilo de condução, velocidade, utilização de periféricos de conforto, temperatura exterior, número de passageiros/carga e tipografia. Como orientação pode seguir para o automóvel em questão o intervalo de autonomia, que será atingida em média, durante um ano, por 80% dos nossos clientes. Os valores mais baixos de autonomia correspondem, neste caso, a viagens em autoestrada, a velocidade moderada, bem como viagens com baixas temperaturas exteriores, no inverno.
Um mapa que mostra a rota de casa para o escritório e para o destino de férias fora da cidade.

Para quem gosta de tirar férias

Faz uma pausa durante as tuas viagens mais longas e carrega a bateria.

Sabias que, durante uma viagem de aproximadamente 1.000 km, só tens de carregar o teu automóvel elétrico três ou quatro vezes? Isso significa que podes também percorrer distâncias maiores. E sejamos honestos, não há nada como uma paragem para esticar as pernas, comer um bom lanche ou tomar um café quente.

Grande autonomia. Grande flexibilidade.

Quando começas a pensar na mobilidade elétrica?

Já conduzes um automóvel elétrico ou estás a ponderar comprar um? Muito bem. Agora já sabes que os automóveis elétricos têm uma autonomia muito maior do que pensavas. Para viagens curtas ou longas, no teu dia a dia ou nas férias, a partir de agora tens tanta flexibilidade como terias com um automóvel a gasolina ou Diesel. Muito prático é poderes utilizar o sistema de navegação, em qualquer altura, para encontrares fácil e rapidamente o posto de carregamento mais próximo. Principalmente porque o número de postos de carregamento públicos não para de crescer.

Também poderás gostar de: