Peter Kraus em frente ao carro elétrico Volkswagen ID.3.
Peter Kraus em frente ao carro elétrico Volkswagen ID.3.
Peter Kraus em frente ao carro elétrico Volkswagen ID.3.
Peter Kraus em frente ao carro elétrico Volkswagen ID.3.
Becoming ID.

Modelo de controlo de dados: da simulação ao automóvel para descobrir

Becoming ID.

Modelo de controlo de dados: da simulação ao automóvel para descobrir

03/24/2020

Para construir a carroçaria do automóvel, a fim de tomar decisões finais, são construídos os chamados "automóveis para descobrir", com base no modelo de controlo de dados. O mestre Peter Krause explica porque o trabalho de equipa foi tão importante nesta fase.

03/24/2020

Para construir a carroçaria do automóvel, a fim de tomar decisões finais, são construídos os chamados "automóveis para descobrir", com base no modelo de controlo de dados. O mestre Peter Krause explica porque o trabalho de equipa foi tão importante nesta fase.

  1. Modelo de controlo de dados - Becoming ID.

Já ouviram falar em ureol? Este material parecido com a madeira é utilizado durante o processo de design do automóvel, para construir a carroçaria, a fim de tomar decisões finais sobre o produto. O mestre Peter Krause é uma das pessoas por detrás do modelo de controlo de dados e do "automóvel para descobrir" do ID.3

O que mais o inspirou no desenvolvimento da família ID.?

A agenda para o desenvolvimento do ID.3 era extremamente apertada. A nossa tarefa neste projeto era construir um modelo de controlo de dados feito de ureol e dois DEF (automóveis para descobrir) para o departamento de vendas, com base no digital data control model (DKM). Para a produção dos automóveis para descobrir foram necessárias intensas reuniões com os departamentos especialistas e com as equipas. O aspeto mais desafiante para mim foi a implementação dos últimos desenvolvimentos, até ao último segundo. Isto levou o modelo até ao estado de produção em série. Esta fase ainda me move, pois atingimos verdadeiramente um excelente esforço em conjunto com o departamento de design e vendas.

Em que altura se apercebeu que a mobilidade elétrica para todos se estava a tornar uma realidade?

Este assunto social é atualmente alvo de acalorado debate público. No entanto, depende de nós, pôr nas estradas, automóveis visual e tecnicamente desenvolvidos, a preços aceitáveis. Fomos bem-sucedidos com o ID3 e vamos continuar a ser bem sucedidos com a restante família ID.

Cabe-nos a nós desenvolver automóveis elétricos visual e tecnicamente atraentes a preços aceitáveis.
Mestre Peter Krause
Produção de automóveis especiais, Produção mecânica e de modelos

Em detalhe, qual é a tecnologia que considera mais fascinante no novo ID.3?

Sabe que, quando os meus filhos entram no automóvel, têm expetativas muito diferentes da minha. Eles esperam ter conectividade total, um espaço acolhedor, aberto e cheio de estilo, grandes ecrãs e também um automóvel muito prático para a utilização no dia a dia. Combinar estas novas "necessidades" com estruturas comprovadas tem sido um desafio para todos nós. Isto requer uma abordagem inovadora, novos processos e tecnologias. E, eu acredito, e os meus filhos também, que demos um grande passo em frente.

Qual foi o maior desafio que teve de enfrentar durante todo o processo do projeto?

O maior desafio foi implementar, a grande velocidade, simultaneamente, os desejos dos designers e do departamento de vendas e ao mesmo tempo adaptar o modelo por diversas vezes, até que este foi aprovado por todos os departamentos envolvidos. Este foi um desafio incrível, até que teve a provação final, pessoal, de Klaus Bischoff. Esses dias e semanas exigiram uma energia excecional e fascinaram enormemente todas a nossa equipa. Quem pode afirmar ter estado tão significativamente envolvido numa nova era de cooperação global?

O que retira pessoalmente desta experiência?

Durante este projeto, a nossa equipa apercebeu-se que podemos contar uns com os outros na Volkswagen. Conseguimos terminar este modelo com muito trabalho e dedicação. Tivemos uma enorme força mental porque nos sentimos impelidos a criar algo de especial ou fomos pelo menos parte de um desenvolvimento especial. Além disso, o "bom" nunca foi suficiente para a minha equipa. Esta é apenas uma das razões pelas quais me orgulho desta equipa.

Que vantagens visíveis surgiram através da simulação digital de soluções?

O nosso trabalho é apoiado digitalmente, ou seja, nós construímos estes modelos digitalmente. Nós temos portáteis junto ao modelo para podermos comparar os dados com o hardware. Nós trabalhamos no automóvel manualmente e voltamos a verificar a pele exterior do modelo cada vez que fazemos um update. A digitalização na produção de um modelo, não apenas nos permite trabalhar mais depressa como também tratar de processos em paralelo.

O seu browser não é suportado!

Faça download de um browser mais recente aqui ou aqui.