Uma entrevista com Sven Köhler
Uma entrevista com Sven Köhler
Uma entrevista com Sven Köhler
Uma entrevista com Sven Köhler
Becoming ID.

Construção do automóvel: um protótipo nasce

Becoming ID.

Construção do automóvel: um protótipo nasce

03/26/2020

Planear e desenvolver o ID.3 (protótipo próximo do modelo de produção) é uma coisa; produzi-lo e testá-lo é algo completamente diferente. Quais são os desafios que Sven Köhler tem de ultrapassar diariamente e o que mais o fascina no ID.3? Descubra aqui.

03/26/2020

Planear e desenvolver o ID.3 (protótipo próximo do modelo de produção) é uma coisa; produzi-lo e testá-lo é algo completamente diferente. Quais são os desafios que Sven Köhler tem de ultrapassar diariamente e o que mais o fascina no ID.3? Descubra aqui.

  1. Construção de protótipos - Becoming ID.

O dia a dia de uma função em que os segredos fazem sempre parte da ordem do dia. Segredos sobre o futuro da construção automóvel. Como responsável pela coordenação e construção automóvel, Sven Köhler está envolvido, há alguns anos, com o automóvel mais secreto da Volkswagen, desde a fase inicial, com os primeiros protótipos do ID.3 (protótipo próximo do modelo de produção).

O que mais a inspirou no desenvolvimento da família ID.?

Basicamente, penso que é muito bom que o ID.3 tenha tração traseira. É como um carocha ou um furgão T3. No passado tínhamos alguns automóveis com tração traseira, e o comportamento do ID.3 é completamente diferente dos nossos modelos de tração dianteira. Muitas pessoas não sabem como se comporta um automóvel de tração traseira e algumas pessoas ficam surpreendidas quando conduzem o ID.3 pela primeira vez.

E também adorei, quando o primeiro ID.3 produzido de série, em preto, foi conduzido pela fábrica. Foi um tremendo acontecimento.

Em que altura se apercebeu que a mobilidade elétrica para todos se estava a tornar uma realidade?

A minha mulher tem conduzido um Passat GTE (consumo de combustível em l/100 km: combinado 1,6; consumo de eletricidade, kWh/100 km: combinado 14,7; emissões de CO₂, g/km: combinado 36, durante um ano e agora também instalei uma wall box na nossa garagem. Agora surge a questão se um automóvel como este é o suficiente como segundo carro de família? Recentemente cheguei à conclusão que é um automóvel realmente prático e atraente para ser usado de forma eficiente e confortável no dia a dia. Nós conduzimo-lo exclusivamente a eletricidade na nossa localidade.

Quando conduzo por razões particulares, estou atento aos postos de carregamento. O número de postos de carregamento está a aumentar: muitos supermercados já têm postos de carregamento, pode-se estacionar sem pagar em muitas cidades alemãs e a tecnologia está a progredir a passos largos.

É excelente que o ID.3 tenha tração traseira. É um regresso ao passado, pois o carocha também a tinha.
Sven Köhler
Responsável pela coordenação e construção

Em detalhe, qual é a tecnologia que considera mais fascinante no novo ID.3?

Considero a interação entre a tecnologia e os comandos, extraordinária, no ID.3. O fato de o ID.3 o reconhecer e lhe dar uma saudação amiga com os faróis quando se aproxima; o fato de a unidade de comandos junto ao sistema multimédia ter um design tão simples e intuitivo e claro o fato de o ID.3 ter tração traseira, é verdadeiramente incrível.

Qual foi o maior desafio que teve de enfrentar durante todo o processo do projeto?

A ligação entre o software, o motor elétrico e o sistema de gestão da bateria constituiu o maior desafio. E, conectar o automóvel não só no interior, mas também na área circundante, não foi fácil. Também existiram alguns outros obstáculos: por exemplo, a adaptação do novo sistema de arrefecimento foi muito trabalhosa. O fato de a bateria ter de ser arrefecida ou aquecida a uma determinada temperatura, por exemplo, quando conduzimos no inverno, foi mais um desafio, pois tivemos frequentemente de nos adaptar a um novo software ou hardware, o que implicava a realização de alterações. Mas, lidámos com tudo isto muito bem.

O que retira pessoalmente deste projeto?

Não há nada que não exista. E, o melhor conselho é ter sempre um plano B, caso o plano A não funcione. Por outras palavras, uma solução é boa, mas por vezes não suficientemente boa.

O seu browser não é suportado!

Faça download de um browser mais recente aqui ou aqui.