Volkswagen elétrico para crianças

Automóveis elétricos para crianças:
encontre o automóvel ideal

Automóveis elétricos para crianças:
encontre o automóvel ideal

Viajar num automóvel elétrico é um prazer e não só para adultos. Há cada vez mais automóveis elétricos no mercado, também para crianças. No entanto, antes de deixarmos as crianças rolar pela casa e o jardim até seis quilómetros por hora, convém escolher-lhes o automóvel ideal. Três critérios são particularmente importantes.

Aqui vai ficar a saber:

  • O que é importante para manter os jovens condutores seguros
  • Extras opcionais que valem a pena
  • Como tornar a primeira condução um sucesso
  • Coisas que precisa considerar antes de comprar

1. Os automóveis elétricos têm cinto de segurança?

Os automóveis elétricos para crianças são capazes de atingir 3 a 6 quilômetros por hora, em média. Isso não é particularmente rápido, mas rápido o suficiente para fazer um modelo com cinto de segurança valer a pena. Isso não protege apenas a criança se ela acidentalmente bater numa parede. Também os protege de cair fora do carro enquanto estão a guiar.

Veículo elétrico com cinto de segurança para a criança

2. O automóvel elétrico pode ser telecomandado?

Controlo remoto sobre o veículo da criança

Um controlo remoto permite controlar o percurso do automóvel para criança. Este está geralmente incluído nos modelos básicos, para condutores de automóveis elétricos, a partir dos dois anos. Não é o caso dos modelos para crianças a partir dos três ou cinco anos. Mas, nestas idades ainda pode fazer sentido ter um controlo remoto. Antes da compra, deves analisar o grau de coordenação entre as mãos e a visão da criança e pensar, se não será mais divertido para todos se a mãe ou o pai puderem assumir o controlo, pelo menos de vez em quando. Em alguns automóveis, podes usar o controlo remoto para intervir na condução mesmo durante a sua utilização livre.

3. Os automóveis elétricos têm travões automáticos?

Os travões automáticos dos 'minicarros' garantem que o automóvel trave assim que seu filho retirar o pé do acelerador. Por um lado, esse é o tipo mais fácil de trabagem e não é um problema para crianças muito pequenas. Por outro lado, este sistema automático também ajuda a proteger contra colisões se a criança estiver distraída e se esquecer de travar.

Não há necessidade de se preocupar com a segurança do próprio motor. Nestes automóveis mini-elétricos, eles são sempre instalados no interior do veículo, onde são inacessíveis às crianças - e também à prova d'água. Para proteger a bateria, estacione o automóvel elétrico das crianças num lugar seco.

Automóveis elétricos para criança: os opcionais

Além da segurança, o equipamento também desempenha um papel importante. Muitas vezes, as versões mini dos automóveis elétricos são muito parecidas com os modelos que as inspiraram. À semelhança dos automóveis grandes, também estão disponíveis diversos opcionais:
  • O prazer de condução é assim: a maioria dos automóveis elétricos para criança tem buzina. Ótimo para se divertirem, pelo menos as crianças. Além disso, existem automóveis elétricos para crianças com e sem ruído de motor. Os ruídos podem ser muito úteis para que a criança saiba que o motor está em funcionamento e não se assuste ao acelerar. Além disso, esta funcionalidade praticamente não se reflete no preço.
  • Potência para os ouvidos. Exatamente como os automóveis que andam na estrada, muitos automóveis elétricos para criança também têm um minissistema de som.  Este brinquedo elétrico reproduz música através de um cartão SD, uma ligação USB ou um cabo de áudio (AUX). Depois podes decidir se este sistema deve ser usado com o automóvel em andamento ou só quando estiver parado.
  • Para pessoas com ideias claras. Muitos automóveis para crianças incluem faróis LED, de série. Tal como o ruído do motor, contribuem para uma sensação de condução autêntica. Para quem ache que não é o suficiente, há ainda a versão de luxo com faróis de xénon. Mas, na realidade, não são necessários. Em todo o caso, as crianças não devem conduzir um automóvel elétrico às escuras em vias públicas. O risco de não serem vistos pelos condutores de bicicletas ou automóveis é demasiadamente elevado.
  • Sempre a rolar. Rodas ou pneus? Se o orçamento o permitir, os pneus de borracha são sempre a melhor escolha, tanto no que toca à segurança como ao prazer da condução. As rodas de plástico rígido, mais baratas, são muito mais ruidosas, farão rapidamente riscos no chão e proporcionam pouca estabilidade em pavimentos húmidos ou lisos.
Criança num veículo elétrico

Automóvel para crianças:  o que deve ter em atenção ao comprar

A maioria dos modelos não são fornecidos prontos a usar. Isto significa que, antes de começar a condução, ainda tens de aparafusar alguns parafusos, por exemplo, nos pneus ou nos espelhos dos automóveis desportivos, SUV e outros. Uma pequena nota de segurança: é preferível que os futuros pilotos de corridas façam as primeiras horas de condução dentro de casa, já que, especialmente para os mais pequenos, no início, o automóvel elétrico poder ser um desafio à sua coordenação entre mãos e visão.

Os automóveis elétricos para crianças ainda não foram submetidos a testes por organismos independentes (data: abril 2019). Mas, antes da compra, podes estar atento aos seguintes pontos, além das dicas de segurança referidas:

  1. É possível trocar a bateria? Nenhuma bateria dura para sempre.
  2. O carregador é fornecido ou tem de ser encomendado em separado? 
  3. Quantos lugares tem o automóvel? Quando há irmãos, é boa ideia comprar um automóvel com dois lugares, para evitar discussões.
  4. A altura do assento é regulável? Assim, o prazer da condução  cresce com a criança.
  5. Qual o peso? Existem modelos que pesam cerca de 30kg e são difíceis de subir e descer escadas ou em viagens.

E agora: abram alas!

Subscreva agora e esteja sempre um passo à frente

Receba regularmente notícias e atualizações sobre a mobilidade elétrica e o Lifestyle do ID.

Your browser is outdated!

Please get a decent browser here or there