2.7.59.9, 2018-10-09 10:11:18
Active Info Display

O glossário elétrico.

O glossário elétrico.

O que significam termos como BEV, recuperação de energia ou well-to-wheel? Explicamos em baixo alguns conceitos-chave do mundo da mobilidade elétrica.

A

Automóvel com célula de combustível
É um automóvel com motor elétrico, no qual a energia elétrica é gerada por uma célula de combustível de hidrogénio, que serve de suporte de energia. Só o vapor de água é produzido localmente como emissão. O que significa que, para a Volkswagen, a célula de combustível representa um dos possíveis conceitos de mobilidade do futuro.

Automóveis elétricos
Automóveis movidos a eletricidade e não a combustível. Mais concretamente, o termo é um termo genérico que engloba tanto os automóveis com bateria, como os "automóveis com célula de combustível", dependendo do respetivo armazenamento de energia. De um modo geral, "automóvel elétrico" é quase sempre utilizado para descrever automóveis com bateria (BEVs), movidos apenas a eletricidade.

Automóvel com emissões zero (ZEV)
O ZEV, zero-emission vehicle (automóvel com emissões zero) consiste num automóvel que não emite gases de escape nocivos, quando conduzido, e que cumpre os chamados limites zero emissões. Porém, para ser considerado um automóvel com emissões zero no balanço energético geral, a energia elétrica utilizada para acionar o automóvel tem de provir de fontes renováveis.

B

BEV
Battery Electric Vehicle (automóveis elétricos com bateria), um automóvel que é alimentado exclusivamente com energia proveniente da bateria.

BlueMotion
Logotipo que é dado ao modelo mais económico de uma gama de produtos da Volkswagen.

Baterias de iões de lítio recarregáveis
Bateria recarregável com uma densidade energética bastante elevada, termicamente estável e praticamente sem efeito de memória. A Volkswagen confia nesta tecnologia pelas suas propriedades positivas.

Baterias "post-lithium-ion"
Tecnologia sucessora das atuais Baterias de iões de lítio recarregáveis. Geralmente são sistemas abertos, por exemplo baterias de zinco-ar recarregáveis, com uma densidade energética significativamente superior (> 500 kWh), que também permitirão um dia a mobilidade elétrica.
 

C

Comunicação Carro a Carro
Troca direta de dados e informações entre automóveis que o vão ajudar a melhorar a segurança na estrada e a aumentar o fluxo de trânsito no futuro.

Comunicação Carro a X
Comunicação dos automóveis com as zonas circundantes que vão ajudar a evitar acidentes e congestionamentos no futuro.

CO2
Dióxido de carbono, um gás incolor e inodoro, produzido durante o processo de combustão. O CO2 é considerado a principal causa do efeito de estufa e do aquecimento global. Só em 2007, a percentagem de CO2 das emissões do gás de efeito de estufa foi de 88%.

Caixa de velocidades DSG
Caixa de velocidades de dupla embraiagem que permite passagens de caixa totalmente automáticas, sem uma interrupção percetível da potência, graças à utilização de duas embraiagens.

Conceitos de transporte intermodal
São conceitos globais de mobilidade e de tráfego que permitem uma troca isenta de problemas entre aviões, autocarros e comboios, automóveis elétricos, serviços de car sharing e bicicletas.

Construção de baixo peso
Técnica de construção que tem como objetivo poupar o máximo peso possível. À parte do sistema de mobilidade, a construção leve é a forma mais eficaz de poupar combustível e reduzir emissões.

Carregamento rápido
Contrariamente às operações de carregamento com corrente alternada (cabo básico ou wall box), a carga rápida, com corrente contínua, nos postos de carregamento de carga rápida, especialmente concebidas para o efeito, pode ser efetuada num período de 20-30 minutos, permitindo restaurar cerca de 80 por cento da capacidade. O "sistema de carregamento combinado" (CCS) é a norma reconhecida internacionalmente. Numa perspetiva de longo prazo, o carregamento sem fios dos automóveis elétricos, por indução, também será uma opção.

Ciclo de vida (bateria)
Número de ciclos de carregamento e descarga que uma bateria consegue suportar, antes de a sua capacidade descer para um valor inferior à sua capacidade inicial. A Volkswagen confia nas baterias recarregáveis de iões de lítio que não possuem efeito de memória, não são afetadas pelas operações de carregamento diárias e que se descarregam apenas ligeiramente. Os componentes de alta qualidade garantem que as baterias permanecem totalmente operacionais, durante todo o ciclo de vida do automóvel. É por esta razão que a Volkswagen oferece uma garantia de oito anos para as suas baterias de alta tensão. Podem ser carregadas milhares de vezes durante este período.

D

Downsizing
Reduzir o volume do motor ao mesmo tempo que se aumenta o seu desempenho específico ou densidade do binário, possivelmente através de indução forçada. O downsizing ajuda a reduzir o consumo de combustível e as emissões de gases de escape.

E

Eletrificação do motor
Entrada com êxito na utilização de motores elétricos, como fonte de tração alternativa do futuro. Começando pela otimização dos motores de combustão convencionais, através da recuperação da energia (micro-híbridos), o processo decorre em várias etapas, apresentando os vários sistemas híbridos faseadamente (full híbridos, híbridos plug-in), tendo os BEVs como objeto final.

Emissão
Expulsão de substâncias ou tipo de energia para o ambiente. As emissões mais importantes do trânsito rodoviário são o monóxido de carbono (CO), os óxidos de azoto (NOx), o dióxido sulfúrico (SO2), os hidrocarbonetos (HC) e o CO2. Os motores Diesel também emitem partículas (fuligem, pó). Os sistemas de filtragem modernos reduzem as emissões a um nível mínimo.

Efeito memória
Perda de capacidade em alguns tipos de baterias recarregáveis que não foram totalmente descarregadas antes de serem carregadas. Pressupõe-se que a bateria "deteta" o pedido de energia e, com o tempo, fornece apenas o volume de energia necessário, com um processo de descarga anterior, em vez do volume original de carga.

Eletricidade verde
Eco-electricity, or green electricity, is electricity generated from renewable energy sources or from environmentally-friendly cogeneration; physically it does not differ from grey electricity.

F

Full hybrids
Os modelos 100% híbridos são caracterizados pelo facto de poderem ser movidos por qualquer um dos seus motores. De um modo geral, o motor de combustão e o motor elétrico podem ser utilizados em conjunto para a propulsão.

H

Híbridos plug-in (twinDrive BlueMotion)
Um automóvel híbrido plug-in é um automóvel que combina um motor a combustão com um motor elétrico. A bateria recarregável pode ser carregada a partir de uma tomada elétrica (ao contrário do modelo full híbrido, cuja bateria só pode ser carregada através da recuperação da energia). Os automóveis plug-in híbridos podem circular bastante mais tempo em modo puramente elétrico. Os automóveis plug-in híbridos podem circular cerca de 50 quilómetros em modo puramente elétrico, alternando com o motor de combustão nas distâncias mais longas. Estes modelos são ideais para quem circula na cidade e também realiza viagens mais longas.

Hidrogénio
Automóvel com célula de combustível

M

Micro híbridos (TDI BlueMotion)
No verdadeiro sentido da palavra, não são automóveis híbridos, apenas um aperfeiçoamento do motor de combustão. Os automóveis micro híbridos poupam combustível através do sistema start/stop ou recuperam a energia produzida durante a travagem (recuperação da travagem) e alimentam a bateria do automóvel, para aliviar o alternador. Contudo, devido a esta eletrificação parcial podem ser incluídos numa definição mais ampla de automóveis híbridos. Um automóvel micro híbrido não possui um motor elétrico.

Mild híbridos
Automóveis, cujos componentes elétricos constituem apenas uma pequena parte do conceito de mobilidade. Contudo, apresentam uma maior eletrificação do que um micro híbrido, uma vez que possuem a sua própria bateria recarregável e motor elétrico. Mas também ainda não é possível uma deslocação puramente elétrica num automóvel mild híbrido, por oposição aos modelos full híbridos, nos quais o motor de combustão serve apenas de apoio. É por esta razão que a Volkswagen confia na tecnologia full híbrido.

MQB
A matriz modular transversal representa o conceito de desenvolvimento e produção de produto da Volkswagen para motores e caixas de velocidades montados transversalmente. Com este tipo de design, a cambota do motor está montada perpendicularmente ao sentido de marcha logo, paralelo aos veios. Atualmente, a maior parte dos automóveis com tração dianteira é construída desta maneira. Na fase de produção, os modelos são montados a partir de diversos módulos, combinados de forma diferente, consoante o modelo. Este princípio modular abre os horizontes ao mundo do design automóvel, por exemplo, através de distâncias entre eixos e larguras de vias variáveis. As mais recentes gamas de motores estão a ser continuamente otimizadas para reduzirem as emissões de CO2. Os componentes modulares permitem alcançar um maior conforto e segurança, com o mesmo peso, graças à mistura inteligente de materiais, como os recentemente desenvolvidos aços de alta resistência e os modernos princípios de construção. A MQB também permite apresentar cerca de 20 inovações nas áreas da segurança, assistência ao condutor e infotainment para todos os modelos, outrora reservados aos segmentos de automóveis de categorias superiores. Graças às elevadas sinergias, é possível reduzir significativamente os custos nas fases de desenvolvimento e aquisição.

Motor de combustão
Uma máquina que gera a sua própria energia, ao converter a energia química contida no combustível, em calor e que depois utiliza este calor para o trabalho mecânico. A conversão em calor realiza-se através da queima de combustíveis, geralmente compostos por hidrocarbonetos.

P

Pico do petróleo
Ponto em que se atingiu a extração máxima global de petróleo, e após o qual a produção decresce ano após ano. A Agência Internacional de Energia (IEA) estima que este momento será alcançado em 2020. Assim que o petróleo se tornar mais escasso, a gasolina e o gasóleo ficarão mais caros. Esta é outra das razões da necessidade das tecnologias de mobilidade alternativas.

Poço-Roda (Well-to-Wheel)
Consumo total de energia e de emissões de gás de efeito de estufa de um combustível, associado à sua produção, transporte e utilização. No caso do petróleo bruto, este tem início no poço de petróleo, passando pela refinaria, rede de estações de abastecimento e camião-cisterna, antes de poder ser utilizado para alimentar o automóvel. Esta análise divide-se em dois passos: o trajeto do poço-roda (well-to-tank) descreve o abastecimento de combustível e o trajeto depósito-roda (tank-to-wheel) descreve a utilização do combustível no automóvel e as emissões geradas durante o funcionamento do automóvel.

R

Rede Inteligente (Smart Grid)
Rede de energia inteligente que utiliza informação moderna e tecnologia de comunicação para objetivos, como a integração da energia gerada de forma descentralizada, para otimizar a gestão de carga e para gestão da energia pelo cliente. O objetivo é o de garantir a alimentação de energia, com base no funcionamento eficiente e fiável do sistema.

S

Sistema de recuperação de energia
Recuperação da energia cinética libertada durante a travagem ou a função de roda livre. Nos automóveis elétricos esta situação verifica-se geralmente através da comutação do motor de tração para o modo de geração, e depois da alimentação da eletricidade criada para a bateria do automóvel, onde será armazenada para utilização posterior. Por razões físicas, apenas parte da energia de travagem pode ser recuperada.

Sistema Start-Stop
Sistema para redução do consumo de combustível dos automóveis. O motor de combustão é parado pela carga no travão. A alimentação de combustível é desligada quando o automóvel está a rolar ou quando está parado num congestionamento. O motor arranca automaticamente, assim que o condutor pressionar o pedal do acelerador ou retirar o pé do travão. O potencial de economia de combustível é enorme, principalmente no tráfego urbano, onde existem muitas fases em que o automóvel está constantemente parado.

T

Tank‐to‐wheel
» Well‐to‐wheel

TDI
TDI é a designação dada pela Volkswagen aos automóveis Diesel, com sistema de injeção direta e turbocompressor. As características principais dos motores TDI são a sua economia, as baixas emissões, a elevada potência (binário) e a excelente eficiência energética. TDI é uma marca registada da Volkswagen AG.

TSI
Nome dado a um tipo de motor da família Volkswagen que inclui todos os motores a gasolina com um ou dois turbocompressores e injeção direta. O conceito inclui diferentes capacidades de turbocompressores e cilindrada, bem como diferentes números de cilindros e disposições. Com a tecnologia TSI, a Volkswagen conseguiu criar motores com benefícios, como o baixo consumo de combustível, seduzindo, ao mesmo tempo os clientes adeptos de uma boa dose de potência.

Think Blue.
A iniciativa da Volkswagen para a mobilidade e sustentabilidade compatíveis com o ambiente. O nome deriva do slogan "Think small", que andou de mão dada com a história de sucesso do Volkswagen Beetle, nos anos 60. Na altura, o objetivo era oferecer o acesso a uma mobilidade individual ao maior número de pessoas. A filosofia "Think Blue." pretende promover a transição para uma mobilidade e estilo de vida amigos do ambiente.

V

Veículos híbridos elétricos (HEV)
Os veículos híbridos elétricos são veículos que combinam, pelo menos, dois conceitos de mobilidade. Um motor de combustão e um motor elétrico. O termo híbrido é ambíguo, uma vez que os automóveis são classificados de acordo com o nível de eletrificação (híbridos Micro, Mild, Full e Plug-in). Na prática comum, o termo veículo híbrido é utilizado para descrever um full hybrid.

Vehicle‐to‐grid
Modelos que utilizam as baterias dos automóveis elétricos como reserva da fonte de alimentação. Se for necessário, a energia é retirada da frota dos automóveis elétricos, e realimenta a rede. O que pode ser útil em termos de carga efetiva e gestão de armazenamento, por exemplo, para compensar as flutuações com as fontes de energia renováveis. Porém, as baterias recarregáveis atuais ainda não estão integralmente concebidas para funcionar de acordo com este conceito. O automóvel elétrico ainda necessitaria de uma dispendiosa unidade de carga bidirecional para poder alimentar a rede. Também seria necessário minimizar as perdas de conversão que ocorrem durante a transformação da corrente alternada (bateria) em corrente contínua (rede). Por esta razão, a "versão light" é, para já, viável: funciona sem feedback, mas traz maiores benefícios para o ambiente.

W

Well-to-tank
» Well-to-wheel